Está aqui

Ténis de mesa

Main menu

Ténis de mesa

Sem grande certeza quanto à origem do Ténis de Mesa, crê-se que tenha surgido no final do século XIX, na alta sociedade inglesa, como alternativa ao Ténis quando este, por condições climatéricas, não se podia praticar.

Começou por ser chamado “ping – pong” devido ao consecutivo bater da bola na raqueta e na mesa de jogo, e tornou-se popular nos grandes salões, onde se reunia a mais alta sociedade inglesa, vestida a rigor para a disputa de sucessivas partidas.

Os primeiros Opens de que há registo surgem no início do século XX (1901), naturalmente ainda em Inglaterra, com a participação de mais de cem jogadores, todos súbitos de Sua Majestade.

Ainda nesse ano, em Londres, no Queen’s Hall, realizou-se uma competição com jogadores estrangeiros, que se julga ter sido o 1º Open Internacional desta modalidade. Arnold Parker foi o vencedor, tornando-se famoso pelas suas vitórias e pelo desenvolvimento que deu à modalidade.

O “ping-pong” foi proliferando por outros países como a Austrália, Nova Zelândia, Argentina, Índia, Alemanha e França. Depois de alguma quebra de popularidade, surge novamente em Inglaterra, em 1922, pela mão dos universitários de Cambridge e Oxford, tornando-se então na modalidade favorita para muitas populações.

O 1º Campeonato Mundial da modalidade decorreu em Londres, com a presença de países como a Hungria, Austrália, Índia, País de Gales, Checoslováquia, Alemanha e, naturalmente, o país organizador. Foi criado um organismo que ainda hoje superintende toda a modalidade a nível mundial: a ITTF (International Table Tennis Federation).

Em Portugal, a modalidade surgiu em 1913 pela mão da Associação Cristã da Mocidade. Inicialmente de uma forma recreativa, o Ténis de Mesa foi criando raízes e, em 1929, surge no Porto a primeira Associação de Ténis de Mesa. Em 1932, através do Lisboa Ginásio, surge na capital uma congénere do Porto: a Associação de Ténis de Mesa de Lisboa.

Com a criação de outras associações (Coimbra, Leiria e Setúbal) é fundada, em 1944, a Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, que mais tarde se filiou na ITTF e na ETTU (União Europeia de Ténis de Mesa).

O Ténis de Mesa é um desporto que atualmente se pratica em todas as latitudes por adolescentes e jovens com fins competitivos, naturalmente com maior incidência na Ásia e Europa.

No Desporto Escolar, o Ténis de Mesa é um dos desportos mais praticados quer na vertente competitiva, quer na vertente de tempos livres. A sua especificidade faz desta modalidade uma atividade educativa de eleição, sendo um veículo pedagógico para melhorar, desenvolver e reforçar a motricidade dos nossos jovens.

Regulamento

Anexo 1: Boletim Swytling Corbillon.

Anexo 2: Boletim Marcel Corbillon.

Anexo 3: 2a FASE Masc.

Anexo 4: PROGRESSIVO Fem.

Anexo 5: PROGRESSIVO Masc.